Guia de um procrastinador para marketing de férias

Tempo de férias

A temporada de férias está oficialmente aqui e está se preparando para ser uma das maiores já registradas. Com o eMarketer prevendo gastos com comércio eletrônico de varejo para ultrapassar $ 142 bilhões nesta temporada, há muitas coisas boas para circular, mesmo para varejistas menores. O truque para permanecer competitivo é ser esperto quanto à preparação.

O ideal é que você já tenha começado esse processo, usando os últimos meses para planejar sua campanha e criar marcas e listas de público-alvo. Mas para aqueles que ainda estão esquentando seus motores, animem-se: não é tarde para causar impacto. Aqui estão quatro etapas concretas que o ajudarão a construir e executar uma estratégia de férias bem-sucedida.

Etapa 1: otimize sua linha do tempo

Embora "as férias" tecnicamente incluam o Dia de Ação de Graças ao Natal, a temporada de compras natalinas não é tão definida. Com base no comportamento de compras de 2018, o Google mostra que 45% dos consumidores relataram ter comprado um presente de Natal até 13 de novembro, e muitos terminaram suas compras de Natal no final de novembro.

Com um cronograma inteligente, chegar atrasado à festa não significa perder o prato principal. Use meados de novembro para se concentrar na promoção da marca e na prospecção - isso o ajudará a alcançar os consumidores mais cedo na fase de consideração e compra.

Com a aproximação do Dia de Ação de Graças e da Cyber ​​Week, comece a lançar negócios e expandir os anúncios entre os canais, criando entusiasmo entre os consumidores. Em seguida, aumente seus orçamentos de pesquisa e remarketing um pouco antes da Cyber ​​Monday. No geral, aumentar os orçamentos em três a cinco vezes durante o período de festas de final de ano lhe dará a melhor chance de capturar essas conversões extras no mercado competitivo.

Finalmente, o primeiro trimestre provou ser um dos meses mais fortes para o e-commerce, levando o ímpeto do feriado até o ano novo. Mantenha seu orçamento forte até pelo menos 1 de janeiro para aproveitar ao máximo essa tendência crescente nas compras pós-feriado.

Etapa 2: priorizar a personalização

A maioria dos pequenos varejistas nunca pode esperar igualar os orçamentos de publicidade de gigantes como Amazon e Walmart. Para se manter competitivo, comercialize de forma mais inteligente - não mais difícil - aprimorando sua personalização.

Ao reunir seus públicos-alvo personalizados e semelhantes, concentre-se no valor vitalício. Quem dentre suas listas gastou mais dinheiro com você e quem compra com você com mais frequência? Quem foram seus compradores mais recentes? Esses são os principais alvos para upsell e vendas cruzadas, desviando gastos extras com anúncios, sugerindo itens relacionados, oferecendo pacotes com desconto ou dando um presente no caixa.

Enquanto nutre compradores vitalícios, não se esqueça de rastrear e direcionar novos visitantes. A Criteo relata que os visitantes do site que são redirecionados com anúncios gráficos são 70% mais chances converter. Registrar a atividade desses visitantes e criar listas segmentadas ao longo do período de festas é fundamental para trazê-los de volta e garantir conversões.

Etapa 3: crie promoções inteligentes

As promoções funcionarão melhor se atenderem às necessidades e preferências de seu público específico. Reveja suas tendências de feriados anteriores e estude o que funciona, depois invista nessas promoções.

Não tem certeza do que funciona melhor? eMarketer relata que o as ofertas promocionais mais atraentes são descontos por esmagadores 95%. Frete grátis também é obrigatório quando possível, e brindes e pontos de fidelidade também são atraentes para os consumidores. Dependendo do seu produto e orçamento, você pode considerar datas de entrega garantidas, códigos de cupom, conjuntos de presentes pré-embalados e mensagens personalizadas.

Etapa 4: Prepare o tráfego do seu site

O seu site está realmente pronto para o tráfego do feriado? Algumas pequenas mudanças podem fazer uma grande diferença quando se trata de fazer a venda final.

Comece garantindo que o seu site trate das principais questões e dúvidas que surgem durante a experiência de compra. Qual é a barreira de entrada? Quão fáceis são os retornos? Como faço para usar o produto? Etapas simples, como segmentar produtos por preço, apresentar avaliações de clientes e descrever a facilidade de devolução, ajudam a construir a confiança dos clientes.

Em seguida, torne seu site fácil de navegar no celular. A pesquisa do Google mostra que 73% dos consumidores mudarão de um site para celular mal projetado para um site alternativo para celular isso torna a compra mais fácil. Não arrisque perder essas conversões por ignorar sua presença móvel.

Por fim, otimize a parte mais importante da sua loja de e-commerce: o checkout. Reserve um tempo para entender o que faz com que os clientes abandonem seus carrinhos e corrija esses problemas. São taxas de envio ou outros preços inesperados? Seu checkout é complicado e demorado? Os compradores precisam criar uma conta? Simplifique o processo o máximo possível para ter a melhor chance de concluir uma venda.

Essas são apenas algumas etapas importantes a serem seguidas ao se preparar para o período de festas de fim de ano - mas não importa o quão tarde você comece, cada movimento em direção à otimização e personalização ajudará a fazer a diferença em seus resultados financeiros. Melhor ainda, o trabalho que você faz agora, desde a prospecção e mudanças no site até o desenvolvimento da marca, já está preparando você para um marketing eficaz durante o ano novo e depois.

O que você acha?

Este site usa o Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados de comentário são processados.